PRÓSTATA

Distribuição de gordura corporal associada a cancro da próstata

Investigadores internacionais descobriram que níveis mais elevados de gordura abdominal e da coxa estão associados a um risco aumentado de cancro da próstata agressivo.

Distribuição de gordura corporal associada a cancro da próstata

Os resultados do estudo podem levar a uma melhor compreensão da relação entre a obesidade e o cancro da próstata e fornecer novas abordagens para o tratamento da doença.

Os cientistas analisaram a distribuição da gordura corporal e avaliaram o risco de indivíduos serem diagnosticados e morrerem de cancro da próstata em 1 832 homens islandeses que foram acompanhados por até 13 anos.

Durante o estudo, 172 homens desenvolveram a doença e 31 morreram; a acumulação de gordura em áreas específicas - como gordura visceral e gordura subcutânea da coxa - foi associado a um maior riso de desenvolver cancro da próstata agressivo.

Um alto índice de massa corporal (IMC) e uma circunferência da cintura elevada também foram associados ao mesmo risco.

Fonte: Eurekalert

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS