TABACO

Cigarros eletrónicos podem estar contaminados com toxinas microbianas

Os produtos de cigarro eletrónico (CE) podem estar contaminados com toxinas microbianas, de acordo com um estudo publicado na revista Environmental Health Perspectives.

Cigarros eletrónicos podem estar contaminados com toxinas microbianas

Investigadores da Universidade de Harvard, em Boston, nos Estados Unidos, examinaram se os produtos mais populares de cartucho (37 produtos) e e-líquido (38 produtos) do CE estariam contaminados com endotoxina ou glucana, e se a contaminação iria diferir pelo tipo e sabor dos produtos.

Os pesquisadores descobriram que as concentrações de endotoxina estavam acima do limite de deteção (LOD) em 17 dos 75 produtos testados (23 por cento), e as concentrações de glucanas eram maiores que a LOD em 61 dos 75 produtos (81 por cento).

A concentração média de glucano foi 3,2 vezes maior nas amostras de cartucho versus e-líquido após ajuste para marca e sabor.

As concentrações de glucana nos CE com sabor a tabaco e mentol foram 10,4 e 3,5 vezes maiores do que as concentrações encontradas em produtos com sabor a frutas, ao ajustar para marca e tipo de produto.

Mais estudos com grandes amostras representativas de produtos são necessários para confirmar estas descobertas, identificar fontes e rotas de contaminação e avaliar os efeitos à saúde associados ao uso de produtos contaminados, afirmaram os autores.

Fonte: Boa Saúde

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS