PELE

Tatuagens inteligentes ajudam a proteger a saúde

Além do papel estético, as tatuagens podem assumir novas funcionalidades ao usar “tintas inteligentes” que já estão disponíveis comercialmente. Mas o grande desafio era aplicar esses compostos semicondutores na pele através de uma técnica de injeção mais precisa, menos invasiva e que causasse menos dor.

Tatuagens inteligentes ajudam a proteger a saúde

Agora, o cientista David Fernández Rivas e os seus colegas da Universidade de Twente, na Holanda, acabam de desenvolver uma tecnologia de injeção de tintas de tatuagem que cumpre todos esses requisitos.

A aplicação não é feita com recurso a agulhas, mas por microjatos líquidos ultrarrápidos, com a espessura de um fio de cabelo humano. Só o líquido penetra na pele, quase sem dor e sem desperdício de tinta.

A técnica emprega um laser para aquecer rapidamente o fluido dentro de um microcanal num chip de vidro, do mesmo tipo dos biochips. Com a tinta aquecida numa fração de segundo acima do ponto de ebulição, uma bolha de vapor se forma e cresce, empurrando o líquido para fora a velocidades de até 100 metros por segundo (360 km/h). O jato finíssimo atravessa a pele humana e fixa-se, formando a tatuagem.

Os cientistas fizeram testes com várias tintas eletrónicas disponíveis comercialmente. Em comparação com as técnicas tradicionais de tatuagem, manuais ou automatizadas, o microjato minimiza os danos à pele e a eficiência da injeção é maior - e não há risco de agulhas contaminadas.

O protótipo dispara jatos únicos, enquanto uma tatuagem real frequentemente usa várias agulhas com diferentes tipos ou cores de tinta. Além disso, o volume que pode ser disparado pelo microjato precisa aumentar. Estes são os próximos passos no desenvolvimento da tecnologia da tatuagem sem agulha.

Rivas afirma que a sua equipa já está a trabalhar com esse objetivo, e espera ter pronto em pouco tempo o equipamento que poderá viabilizar as tatuagens inteligentes.

Fonte: Diário da Saúde

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS