AMBIENTE

Exposição a substâncias comuns aumenta risco de doenças metabólicas

A exposição a substâncias químicas comuns, chamadas ftalatos, pode aumentar o risco de distúrbios metabólicos, incluindo obesidade e diabetes, de acordo com um novo estudo.

Exposição a substâncias comuns aumenta risco de doenças metabólicas

Cientistas encontraram uma correlação entre os níveis de exposição ao ftalato e marcadores de comprometimento da função hepática, que são indicadores de aumento do risco de obesidade, diabetes e doenças cardíacas.

As descobertas sugerem que mais ações podem ser necessárias para reduzir a exposição das pessoas a esses produtos químicos potencialmente prejudiciais, embora comummente usados.

O estudo foi realizado pela Universidade de Novi Sad, na Sérvia.

Os cientistas correlacionaram os níveis de ftalato absorvido pelas pessoas com o seu peso corporal, incidência de diabetes tipo 2 e marcadores de insuficiência hepática e função metabólica.

A maior exposição aos ftalatos foi associada ao aumento dos marcadores de dano hepático, resistência à insulina e colesterol em pessoas com obesidade e diabetes.

Fonte: Medical Xpress

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS