EXERCÍCIO

Pessoas que caminham mais rápido tendem a viver mais

Pessoas que relatam ter um ritmo de caminhada mais lento têm uma expetativa de vida menor do que aqueles que se consideram caminhantes rápidos, de acordo com um novo estudo realizado pelo Centro de Pesquisa Biomédica de Leicester, no Reino Unido.

Pessoas que caminham mais rápido tendem a viver mais

A pesquisa, que utilizou dados de 474 919 pessoas, descobriu que aqueles com um ritmo de caminhada habitualmente rápido têm uma longa expetativa de vida, seja qual for o seu peso.

Os indivíduos com baixo peso e ritmo de marcha lenta apresentaram uma menor expetativa de vida (média de 64,8 anos para homens e 72,4 anos para mulheres).

Esta foi a primeira vez que um estudo associa o ritmo acelerado de caminhada a uma expetativa de vida mais longa, independentemente do peso corporal ou do status de obesidade.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS