HIPERTENSÃO

Sopa não é saudável se tiver excesso de sal

No âmbito do Dia Mundial da Hipertensão, que se assinala no próximo dia 17 de maio, a Ordem dos Nutricionistas alerta para o sal escondido nas sopas, habitualmente consideradas inofensivas.

Sopa não é saudável se tiver excesso de sal

Ao contrário do que julgamos, as quantidades de sal atingem o dobro do que é recomendado. Tal como o pão, também a sopa é dos maiores veículos de sal escondido, revelam os nutricionistas.

“Este ano, quisemos destacar a sopa, uma vez que, apesar dos seus potenciais benefícios dado à sua riqueza em hortícolas e leguminosas, esta é também um dos maiores veículos de sal escondido, tal como o pão”, assinala a bastonária da Ordem dos Nutricionistas.
 
Segundo Alexandra Bento, “no caso do pão, o governo tem já produzida legislação para controlar o teor de sal, mas há outros alimentos que continuam a padecer do mal do sal escondido, como é o caso da sopa”. A Bastonária lembra que “está na mão de todos reduzir, pelo menos para metade, a quantidade de sal colocada na sopa”.
 
Com esta iniciativa, a Ordem dos Nutricionistas pretende mostrar, através de uma prova cega de várias sopas com diferentes quantidades de sal, que a diferença não está no sabor, mas sim na saúde dos portugueses.

Os portugueses consomem o dobro da quantidade de sal recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, atualmente, cerca de 40 por cento dos portugueses sofre de hipertensão.

Fonte: press release

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS