PELE

Químicos dos protetores solares são absorvidos pelo organismo

Um estudo da entidade que regula os medicamentos e produtos de saúde nos Estados Unidos, a FDA - Food and Drug Administration, revela que as substâncias químicas que compões os protetores solares entram no nosso sistema sanguíneo em menos de 24 horas. No entanto, os especialistas sublinham que não deve deixar de os utilizar. Ainda assim, os riscos associados aos raios ultravioletas são maiores.

Químicos dos protetores solares são absorvidos pelo organismo

Para chegar a esta conclusão, foram testados quatro protetores solares diferentes, escolhidos aleatoriamente. Durante quatro dias, 25 voluntários tiveram de colocar os cremes quatro vezes por dia em 75 por cento do seu corpo.

De seguida foram sujeitos a análise e foi possível concluir que ingredientes como a avobenzona, oxibenzona, octocrylene ou ecamsule presentes nestas loções, cremes ou sprays estavam presentes no sistema sanguíneo dos participantes em doses acima das recomendadas.

No entanto, os investigadores admitem que estes resultados podem não ser fiáveis, uma vez que este estudo foi feito num ambiente fechado, sem a presença de calor ou humidade “o que poderá pôr em causa a taxa de absorção”.  Por outro lado, admitem que não foram feitas avaliações depois dos produtos terem sido removidos pelo banho ou pelo suor.

Defendem, assim, a continuação da investigação e, para já, não aconselham a deixar de lado a utilização dos protetores solares. “Só porque os ingredientes são absorvidos não quer dizer que estes não sejam seguros. É por isso que estamos a pedir dados adicionais”, disse Theresa Michele, diretora da divisão de medicamentos não prescritos da FDA.

Também a Academia Norte-Americana de Dermatologia partilha da mesma opinião, reforçando a ideia de que os riscos associados aos raios ultravioletas são superiores aos dos ingredientes que compõem os protetores.

De salientar que, em Portugal, a oxibenzona - um dos ingredientes absorvidos em excesso - não é utilizada na produção de protetores solares.

Fonte: Diário de Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS