SUPLEMENTOS

Ómega-3 melhora qualidade de vida de sobreviventes de cancro da mama

De acordo com um estudo publicado na revista Cancer, os ácidos graxos ómega-3 podem reduzir a taxa de mortalidade de pacientes com cancro da mama.

Ómega-3 melhora qualidade de vida de sobreviventes de cancro da mama

Realizado pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, o estudo demonstrou que o aumento da ingestão deste nutriente melhorou significativamente as taxas de sobrevivência de mulheres após o diagnóstico de cancro da mama.

As participantes do estudo unidirecional aumentaram os seus níveis de ómega-3 com o consumo de peixes como o atum e outros alimentos ricos em ácidos graxos, para além de terem recebido suplementos de ómega-3. Os cientistas analisaram dados de 1 463 pacientes.

Durante um período de 14,7 anos, 485 voluntários morreram e 210 delas morreram devido ao cancro da mama. No entanto, as participantes que consumiram mais alimentos ricos em ómega-3 tiveram entre 25 a 29 por cento mais probabilidades de sobreviver.

Os cientistas concluíram que os ácidos graxos ómega-3 de cadeia longa eram os mais eficazes a melhorar as taxas de sobrevivência, após um diagnóstico de cancro da mama.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS