ANTIBACTERIANO

Ginkgo biloba pode ter propriedades antibacterianas

Extratos das sementes da árvore Ginkgo biloba mostraram possuir uma atividade antibacteriana contra patógenos que podem causar infeções na pele, como acne, psoríase, dermatite e eczema, segundo um estudo realizado pela Universidade Emory, nos Estados Unidos.

Ginkgo biloba pode ter propriedades antibacterianas

Os resultados foram publicados na revista Frontiers in Microbiology e mostraram que os extratos inibem o crescimento de Cutibacterium acnes, Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes.

Investigadores têm estudado extensivamente a Ginkgo biloba em busca de benefícios médicos para tudo, desde o aumento da memória até à degeneração macular, mas ainda não há “evidências conclusivas de que a Ginkgo biloba seja útil para qualquer condição de saúde”.

Os resultados mostraram que as sementes de Ginkgo biloba exibiam atividade antibacteriana em três das cepas testadas: C. acnes, S. aureus e S. pyogenes.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS