GRIPE

Mel pode ajudar na recuperação gripal

As propriedades antivirais e antibacterianas do mel têm vindo a ser analisadas, ao longo dos anos, pelos investigadores dos mais variados países.

Mel pode ajudar na recuperação gripal

Um estudo de 2014 da Universidade Kerman, no Irão, afirmou que o mel exibia potencial como um meio natural de tratamento de herpes labial.

Anteriormente, em 2007, outro estudo relatou que o mel apresentava uma forte atividade contra o sarampo, e, em 2013, a Universidade Ghent, na Bélgica, observou que cada vez mais hospitais usam o mel em curativos para queimaduras e outras feridas.

Outros estudos indicam que o mel é eficaz na prevenção da gripe e na aceleração da recuperação; em particular, o mel Manuka é considerado o tipo mais potente de mel medicinal disponível.

Sabe-se que o mel alivia a tosse e a dor de garganta - dois dos sintomas mais comuns da gripe.

Estudos científicos mostraram a sua eficácia no tratamento de ataques de tosse em crianças e dores de garganta em crianças e adultos. A combinação de uma chávena de chá quente, mel e limão é considerada um excelente remédio caseiro para a gripe.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS