TABACO

Fumar durante a gravidez aumenta risco de obesidade

Através da análise do tecido de prepúcio de circuncisões neonatais, um grupo de investigadores identificou um potencial mecanismo celular que conecta o tabagismo da mãe durante a gravidez a um risco aumentado de obesidade na infância.

Fumar durante a gravidez aumenta risco de obesidade

Segundo investigadores da Universidade de Kentucky, no Reino Unido, tem sido demonstrado consistentemente que mães que fumam durante a gravidez conferem maior risco de obesidade ao bebé, mas os mecanismos responsáveis ​​por este risco aumentado não eram bem compreendidos.

Os resultados mostraram que a chemerina, uma proteína que é produzida pelas células de gordura que parece desempenhar um papel no armazenamento de energia, foi mais prevalente na pele e células isoladas de lactentes cujas mães fumaram durante a gravidez.

Isto sugere que fumar na gravidez pode desencadear mudanças na regulação dos genes que desempenham um papel importante no desenvolvimento de células adiposas e, por extensão, na obesidade.

Investigações anteriores determinaram que a chemerina está presente em níveis mais altos no sangue de pessoas obesas.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS