NUTRIÇÃO

Consumidores têm visões diferentes sobre informações nutricionais

Um estudo realizado pela Universidade de Surrey, no Reino Unido, investigou se os consumidores do Reino Unido, Eslovénia, Alemanha, Espanha e Holanda conseguiam diferenciar as várias informações nutricionais e de saúde sobre os alimentos regulamentados pela União Europeia.

Consumidores têm visões diferentes sobre informações nutricionais

Regulamentos, como o Regulamento de Informação de Saúde e Nutrição, procuram eliminar informações infundadas e potencialmente enganosas sobre alimentos e fornecer um nível apropriado de proteção ao consumidor.

Os resultados do estudo mostram que os consumidores não podem diferenciar conscientemente entre uma informação nutricional e uma informação de saúde da formaque os especialistas em regulamentação fazem.

Os investigadores descobriram que as crenças predeterminadas dos consumidores sobre os nutrientes e a sua relação com os resultados de saúde são os principais impulsionadores na forma como eles interpretam e entendem essas informações.

Quando os nutrientes que constam da informação são familiares e pessoalmente relevantes para o consumidor, existe o potencial para que eles “atualizem” as informações nutricionais e dados de saúde simplesmente com base no seu conhecimento anterior.

Os cientistas acreditam que os reguladores precisam considerar a disponibilização de informações para garantir que os conhecimentos e as crenças dos consumidores sejam corretos e bem informados, para que possam entender e responder adequadamente às informações veiculadas pelo mercado.

Fonte: Eurekalert

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS