PROBIÓTICOS

Probióticos apresentam potenciais propriedades hépato-protetoras

Investigadores da Arábia Saudita e do Egito avaliaram os efeitos da suplementação de probióticos ou iogurtes sobre o stress oxidativo e a fibrose hepática induzidos pelo parasita Schistosoma mansoni em ratos.

Probióticos apresentam potenciais propriedades hépato-protetoras

As descobertas foram publicadas na revista BMC Complementary and Alternative Medicine.

A esquistossomose é uma infeção parasitária causada por vermes parasitas transmitidos pela água; os ovos de Schistosoma são depositados nos vasos sanguíneos que transportam sangue de certos órgãos para o fígado. A esquistossomose causa fibrose hepática e subsequente cirrose hepática.

Dados científicos mostram que os probióticos, que são microrganismos benéficos, podem contrariar os efeitos nocivos das infeções parasitárias. Para testar essa hipótese, investigadores usaram ratos infetados com Schistosoma cercariae; os ratos receberam, depois, um tratamento oral com probióticos ou iogurte durante uma semana, antes da infeção e imediatamente após.

O tratamento oral com probióticos ou iogurte reduziu significativamente o número e a carga de ovos e o tamanho do granuloma no tecido hepático.

Os resultados também mostraram que uma suplementação com probióticos aumentou o nível de algumas enzimas antioxidantes e reduziu os níveis de glutationa.

Os investigadores concluíram que a suplementação com probióticos ou iogurte têm propriedades antiparasitárias e hépato-protetoras promissoras que podem contrariar os efeitos da esquistossomose.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS