DIAGNÓSTICO

Hospital Garcia de Orta realiza primeiro exame PET

O Serviço de Medicina Nuclear do Hospital Garcia de Orta (HGO) realizou esta terça-feira, 19 de março, pela primeira vez, a técnica de imagem médica PET (Tomografia por Emissão de Positrões) em quatro pacientes. Este hospital passa, assim, a ser a única Unidade de Saúde a sul do Tejo e a segunda instituição pública na região de Lisboa com este exame inovador.

Hospital Garcia de Orta realiza primeiro exame PET

O Tomógrafo PET/CT custou mais de um milhão de euros e foi cofinanciado em 50 por cento pelo Projeto “+ Acesso, Melhor Qualidade”, no âmbito do Programa Portugal 2020.

Este Projeto visa contribuir para a promoção de uma cada vez maior inclusão social na região, através de melhor acesso aos serviços prestados pelo Hospital Garcia de Orta na área dos meios complementares de diagnóstico.

Em funcionamento desde o dia 19 de março, estima-se que sejam realizados mais de 2 800 exames até ao final do ano. Espera-se ainda conseguir reduzir a despesa, evitando o recurso ao exterior.

A PET utiliza moléculas que incluem um componente radioativo que, quando administradas no corpo humano, permitem detetar e localizar reações bioquímicas associadas a determinadas doenças, sobretudo nas áreas da Oncologia, Neurologia e Cardiologia.

Este inovador exame é inócuo, não invasivo, indolor e permite avaliar o modo como os órgãos, tecidos e células funcionam, ao contrário da ressonância magnética ou da tomografia computorizada, que fornecem uma informação mais estática.

Este exame permite a realização de diagnósticos mais precoces do que a ressonância ou a tomografia, aumentando as hipóteses de sucesso do tratamento.

Fonte: press release

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS