PARKINSON

Compostos de café são uteis contra doença de Parkinson

Investigadores norte-americanos descobriram que dois compostos presentes no café – a cafeína e o EHT - trabalham em conjunto para prevenir a doença de Parkinson e uma condição conhecida como Demência de Corpos de Lewy.

Compostos de café são uteis contra doença de Parkinson

Recentemente publicado na revista Proceedings of National Academy of Sciences, os resultados sugerem que estes compostos podem potencialmente ser usados ​​como um tratamento natural para retardar a degeneração cerebral.

Estudos anteriores mostraram que o consumo de café pode diminuir o risco de desenvolver a doença de Parkinson, e a cafeína é geralmente conhecida como o agente protetor. No entanto, grãos de café têm mais de mil outros compostos que são menos conhecidos.

Portanto, os investigadores exploraram outros compostos em grãos de café e concentraram-se no EHT (Eicosanol-5-hidroxitriptamida), que é um derivado de ácido graxo do neurotransmissor serotonina encontrado no revestimento ceroso dos grãos de café.

Num estudo feito em animais, os cientistas descobriram que esse composto protegeu os cérebros dos ratos da acumulação anormal de proteínas que está ligada à doença de Parkinson e à Demência de Corpos de Lewy.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS