CANCRO

LPCC lança campanha de alerta para o HPV

“HPV e Quê?” é o nome da campanha itinerante que a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) vai promover em 35 escolas do país, com o objetivo de sensibilizar os jovens para as doenças associadas ao Papilomavírus Humano (HPV).

LPCC lança campanha de alerta para o HPV

A campanha já arrancou na Escola Secundária Professor José Augusto Lucas, em Lisboa, numa ação que contou com a presença de Waze, o embaixador do roadshow que é também youtuber e artista português de hip-hop.

Entre fevereiro e abril de 2019, a LPCC vai dinamizar atividades pedagógicas e interativas junto da comunidade escolar do 3.º ciclo e secundário.

“Sabemos que a prevenção contra o HPV, responsável pelo cancro do colo do útero, é mais benéfica antes do início da atividade sexual. Nesse contexto, considerámos que o ambiente escolar seria uma boa oportunidade para sensibilizar os jovens para esta temática, promovendo desde cedo uma atitude de conhecimento, consciente e preventiva”, esclarece Vítor Rodrigues, presidente da LPCC, a propósito da iniciativa que tem como parceiros a Associação para o Planeamento da Família Associação de Planeamento Familiar (APF), a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF),  a Sociedade Portuguesa de Ginecologia (SPG) e a Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetricia e Ginecologia (FSPOG).

O objetivo da campanha, que tem uma forte presença digital, é melhorar o conhecimento sobre as doenças e riscos associados às infeções por Papilomavírus Humano (HPV), alertando para a importância da prevenção através da vacinação.

A colaboração de Waze visa influenciar positivamente os mais jovens para a adoção de medidas preventivas, através de uma linguagem com a qual esta geração se identifica.

O roadshow “HPV e Quê?” integra uma carrinha Airstream que se desloca às escolas e se abre para o exterior, permitindo que ao seu redor decorram as seguintes atividades dirigidas aos alunos:

- Apresentação da música composta por Waze, que apela à importância da prevenção do HPV, com o propósito de ser partilhada nas redes sociais;

- Promoção do Quizz (Sabias Que?) em ambiente de realidade virtual, onde são transmitidas informações ao aluno e colocadas questões para avaliar o conhecimento adquirido;

- Distribuição de tatuagens temporárias que representam o HPV, com possibilidade de serem vistas através de uma aplicação de realidade aumentada;

- Presença de um profissional de saúde para enquadramento e esclarecimento de dúvidas para a comunidade escolar;

- Presença de Waze em algumas escolas, cantando a música que compôs e partilhando fotos, vídeos e insta stories com a restante comunidade;
- Distribuição de folhetos com informação sobre o que é o HPV, quais os riscos, como se transmite e como se previne.

“Uma das mais-valias desta campanha é o facto de as atividades dinamizadas facilmente motivarem os adolescentes para uma conversa em casa com os pais, que poderão saber mais sobre o tema em www.hpv.pt e aconselhar-se com o seu médico assistente”, destaca a LPCC.

Fonte: LPCC

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS