GRIPE

Centros de saúde com “procura muito maior do que o habitual”

O pico da gripe ainda não chegou, mas o número de pessoas que procuraram os centros de saúde nos últimos dias aumentou significativamente e as chamadas para a linha SNS 24 também. É o que revela o presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS/Lisboa e Vale do Tejo).

Centros de saúde com “procura muito maior do que o habitual”

Luís Pisco revela que têm sido atendidas mais de mil pessoas por dia depois das oito da noite nos centros de saúde. “E ao sábado, são mais duas mil e quinhentas pessoas que vão aos centros de saúde. Não há dúvida que há uma procura muito maior do que o habitual”.

Os dados foram avançados pelo presidente da ARS/Lisboa e Vale do Tejo, numa altura em que a epidemia da gripe ainda não atingiu o pico.

Pelas previsões de Luís Pisco, que falava à margem da apresentação do plano regional da ARS, o pico da gripe deve ser atingido na próxima semana.

Apesar disso, já se verifica o aumento da procura de cuidados de saúde nos horários alargados do plano de contingência e também o aumento das chamadas para a linha SNS 24 - 808 24 24 24.

Questionado sobre as conclusões do estudo do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), que mostram que a grande maioria dos portugueses não vai às urgências quando tem gripe, o presidente da ARS/Lisboa e Vale do Tejo aplaude a atitude e explica que, se assim não fosse, seria uma tragédia para os hospitais.

“Quando há uma epidemia de gripe, temos provavelmente milhões de pessoas com gripe. Se essas pessoas caíssem todas nos hospitais seria uma tragédia”, afirma Luís Pisco, que assegura que os centros de saúde têm mais capacidade para absorver os doentes.

“Os centros de saúde da região de Lisboa e Vale do Tejo fazem cerca de 40 mil consultas por dia, portanto, se forem mais 800 ou mil pessoas não é uma tragédia para nós, mas se forem 800 ou mil pessoas a um hospital é uma situação difícil de gerir”.


Fonte:

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS