AMAMENTAÇÃO

Atrasar banhos de recém-nascidos aumenta taxas de amamentação

Embora seja prática comum dar banho a recém-nascidos nas primeiras horas de vida, um estudo da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu que esperar 12, ou mais, horas para dar banho a um recém-nascido saudável após o nascimento aumenta as taxas de exclusividade durante a amamentação.

Atrasar banhos de recém-nascidos aumenta taxas de amamentação

O artigo foi publicado no Journal for Obstetrics, Gynecologic, and Neonatal Nursing.
Cerca de mil pares saudáveis ​​de mães e recém-nascidos participaram do estudo, incluindo 448 bebés que tomaram banho logo após o nascimento e 548 que adiaram o banho.

Os resultados mostraram que as taxas de amamentação exclusiva aumentaram de 59,8 por cento antes da intervenção para 68,2 por cento após a intervenção.
Os recém-nascidos no grupo de banho atrasado também tinham maior probabilidade de ter um plano de alimentação que era exclusivo ou pelo menos com inclusão de leite humano.



OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS