PSICOLOGIA

Internamentos de urgência associados a declínio cognitivo acelerado

As hospitalizações de emergência e urgentes foram associadas a um aumento na taxa de declínio cognitivo em adultos mais velhos, de acordo com um estudo realizado pela Universidade Rush, nos Estados Unidos.

Internamentos de urgência associados a declínio cognitivo acelerado

Publicada na revista Neurology, a investigação concluiu que pessoas internadas de urgência que não haviam sido diagnosticadas com demência ou doença de Alzheimer tiveram um rápido declínio na função cognitiva, em comparação com as taxas pré-hospitalares.

Por outro lado, indivíduos que nunca foram hospitalizados ou que foram internados por questões de rotina e não de urgência não experimentaram esse drástico declínio da função cognitiva.

O estudo avaliou 777 idosos, em média com 81 anos de idade, dos quais 75 por cento eram mulheres.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS