ALIMENTAÇÃO

Comer compulsivamente associado a bullying e abuso sexual

Pessoas que já sofreram de bullying ou de abuso sexual têm uma qualidade de vida menor, semelhante àquelas que vivem com doenças crónicas, de acordo com um novo estudo realizado pela Universidade de Adelaide, na Austrália.

Comer compulsivamente associado a bullying e abuso sexual

Estas pessoas também são muito mais propensas a exibir comportamentos de risco, como dependência de tabagismo ou compulsão alimentar.

O estudo, publicado na revista BMC Public Health, investigou cerca de três mil australianos, de todas as idades, ambientes e status socioeconómicos; na Austrália, quase metade dos adultos experimentaram bullying e dez por cento sofreu algum tipo de abuso sexual.

O abuso sexual e o bullying foram associados a comportamentos prejudiciais, como dependência do tabagismo e compulsão alimentar, uso de antidepressivos e redução da qualidade de vida.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS