MENSTRUAÇÃO

Nutrição infantil à base de soja pode aumentar dores menstruais

A alimentação com fórmula de soja na infância está associada a um aumento do risco de dor menstrual em mulheres jovens afro-americanas, de acordo com um estudo publicado na revista Human Reproduction.

Nutrição infantil à base de soja pode aumentar dores menstruais

Cientistas do National Institutes of Health in Research Triangle Park, da Carolina do Norte usaram dados do Estudo de Meio Ambiente, Estilo de Vida e Miomas para 1 696 mulheres afro-americanas com idade entre 23 e 35 anos na inscrição no estudo para examinar a correlação entre a fórmula de soja durante a infância e dor menstrual na idade adulta. Os dados sobre a fórmula de alimentação infantil de soja foram apurados para 1 553 participantes.

Os pesquisadores descobriram que, em comparação com mulheres não expostas, aquelas que já foram alimentadas com fórmula de soja eram mais propensas a relatar o uso de contraceção hormonal para dor menstrual (risco relativo, 1,4).

Durante o início da idade adulta (entre 18 e 22 anos de idade, quando não estão em uso métodos de contraceção hormonal), aquelas que já tinham recebido fórmula de soja também tinham maior probabilidade de relatar desconforto/dor menstrual/moderada/severa “na maioria dos períodos”, mas não “a cada período”.

Os dados sugerem que a alimentação com fórmula de soja durante a infância está associada à dor menstrual na idade adulta. As observações aumentam o crescente corpo de literatura que dá suporte às consequências para a saúde reprodutiva da exposição precoce à fórmula de soja, disseram os autores do estudo.

Fonte: Boa Saúde

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS