OBESIDADE

Obesidade altera função muscular das vias aéreas

Uma nova pesquisa sugere que a obesidade altera a forma como os músculos das vias aéreas funcionam, aumentando o risco de desenvolver asma.

Obesidade altera função muscular das vias aéreas

O estudo foi publicado no American Journal of Physiology Lung Cellular and Molecular Physiology.

A obesidade é um importante fator de risco para a asma, em parte devido à inflamação sistémica e localizada das vias aéreas que ocorre em pessoas com alto índice de massa corporal.

Os cientistas explicaram que pessoas com obesidade manifestam um risco maior de desenvolver asma grave, diminuição do controlo da doença e diminuição da resposta à terapia com corticosteroides.

A equipa de investigadores combinou células musculares das vias aéreas humanas com histamina, um composto que o sistema imunológico produz em resposta a um alergénio, e carbacol, um fármaco que estimula a parte do sistema nervoso que controla as vias aéreas.

Estimular as células das vias aéreas com essas substâncias faz com que as células libertem cálcio, o que imita a contração muscular.

Os investigadores descobriram que as células musculares de dadores obesos libertaram mais cálcio e tiveram um maior encurtamento - uma função que ocorre durante a contração muscular - do que as células de dadores com peso normal.

De acordo com os resultados do estudo, realizado pela Universidade de Rutgers, nos Estados Unidos, a obesidade confere às células musculares das vias aéreas uma assinatura única que pode ser identificada e que pode levar a novas abordagens direcionadas para melhorar o controlo da asma sem que seja necessário recorrer a esteroides.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS