ALIMENTAÇÃO

FDA proíbe gorduras trans artificiais em restaurantes e mercearias

A regulador de saúde norte-americano (FDA) proibiu a presença de gorduras trans artificiais em restaurantes norte-americanos e em itens alimentícios vendidos em mercearias.

FDA proíbe gorduras trans artificiais em restaurantes e mercearias
ALIMENTAÇÃO ANTICANCEROSA

DIETA E NUTRIÇÃO

ALIMENTAÇÃO ANTICANCEROSA

A FDA considerou as gorduras trans inseguras para a saúde em 2015 e deu às empresas até 18 de junho de 2018 para eliminar esses ingredientes dos alimentos.

A gordura trans é um tipo de gordura hidrogenada (formada por um processo químico chamado hidrogenação) encontrada em alimentos como bolos, biscoitos, donuts, massa de pizza, pizza congelada e margarina. Pequenas quantidades de gorduras trans também podem ser encontradas naturalmente em carnes e laticínios.

A proibição da FDA aplica-se às gorduras trans artificiais, que são feitas quimicamente pela adição de hidrogénio ao óleo vegetal. A gordura trans aumenta a vida útil dos alimentos embalados e os restaurantes gostam de usá-la para fritar, porque não precisa ser trocada com tanta frequência como outros óleos.

A comunidade médica concorda de forma esmagadora que as gorduras trans artificiais não devem ser ingeridas porque aumentam o colesterol LDL e reduzem o HDL. Pessoas que têm dietas ricas em gorduras trans são mais propensas a ter um ataque cardíaco, diabetes ou derrame.

Em 2015, a FDA disse que milhares de ataques cardíacos e mortes poderiam ser evitados a cada ano pela remoção de gorduras parcialmente hidrogenadas de alimentos processados.

Depois de ter declarado que a gordura trans não era segura, a FDA deu às empresas de alimentos norte-americanas até 18 de junho de 2018 para eliminar os óleos e gorduras hidrogenados dos seus produtos.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS