ARTRITE

Artrite reumatoide na gravidez associada a baixo peso na prole

Os resultados de um estudo apresentado no Congresso Anual Europeu de Reumatologia (EULAR 2018) demonstram que as gravidezes em mulheres com artrite reumatoide estão associadas a parto prematuro e ao baixo peso da prole.

Artrite reumatoide na gravidez associada a baixo peso na prole

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crónica que afeta as articulações de uma pessoa, causando dor e incapacidade, podendo também afetar órgãos internos.

Está bem documentado que durante a gravidez muitas mulheres com a doença experimentam uma melhoria nos seus sintomas e acredita-se que isso seja devido a alterações no corpo que impedem o sistema imunológico da mãe de rejeitar o feto. No entanto, o efeito da artrite reumatoide de mulheres grávidas em fetos é menos conhecido.

"Os nossos resultados somam-se a um corpo crescente de evidências de diferentes populações, sugerindo uma diminuição do peso ao nascer em gestações de mães com artrite reumatoide", disseram os investigadores do Hospital Chang Gung, na China.

Os resultados deste estudo mostraram que os bebés nascidos de mulheres com artrite reumatoide tiveram uma maior probabilidade de baixo peso ao nascer, prematuridade e de serem pequenos para a sua idade gestacional.

Os investigadores também procuraram potenciais riscos para a mãe, mas, além do parto prematuro, não foram encontradas outras associações de risco.

Os desfechos negativos investigados incluíram morte relacionada com o nascimento, complicações cardiovasculares, complicações cirúrgicas e outras disfunções orgânicas sistémicas.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS