DIAGNÓSTICO

Exame ELISA portátil faz análises ao sangue e urina no consultório

Uma equipa de investigadores internacionais desenvolveu uma versão portátil do exame denominado por ELISA, da sigla em inglês para Enzyme Linked Immunosorbent Assay - ensaio de imunoabsorção enzimática -, a técnica padrão-ouro usada para detetar a presença de um anticorpo ou antígeno no organismo.

Exame ELISA portátil faz análises ao sangue e urina no consultório

A nova versão portátil, que funciona com base no uso de um telemóvel, foi batizada de MELISA, explicou Anna Pyayt e a sua equipa da Universidade do Sul da Flórida, nos Estados Unidos, responsável pelo desenvolvimento do dispositivo.

A nova tecnologia permite que o doente faça os exames no consultório médico, na clínica ou até mesmo numa área remota.

"O ELISA é uma tecnologia importante para a análise bioquímica de proteínas e hormonas e é fundamental para o diagnóstico de muitas doenças, como o HIV e a doença de Lyme”, disse Anna Pyayt.

"O MELISA permite que os pacientes façam os testes e obtenham logo o resultado”, destacou a cientista.

O protótipo do aparelho mediu com precisão os níveis de progesterona, uma hormona chave que afeta a fertilidade feminina e é um marcador para alguns tipos de cancro.

O MELISA pesa apenas um quilograma e consiste num aquecedor de água que incuba as amostras até uma temperatura predefinida, analisando-as através de imagens captadas pelo telemóvel.

Uma aplicação de telemóvel faz depois uma análise de cores para determinar os componentes de cor RGB (vermelho, verde e azul) de cada amostra. O componente de cor azul é usado para análise posterior devido à sua sensibilidade a mudanças na concentração de progesterona.

Os cientistas estão agora a calibrar o teste MELISA para uma variedade de exames, incluindo para a testosterona e tencionam fazer um pedido de aprovação à agência que regula os medicamentos e produtos de saúde nos Estados Unidos (FDA) para que médicos e clínicas possam começar a usar o dispositivo.

Fonte: Diário da Saúde

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS