DPOC

Tratamento de doentes com indicação para reabilitação respiratória

As doenças respiratórias matam cada vez mais em Portugal, tendo ultrapassado as 22 mil mortes em 2015, mas são menos de dois por cento os doentes com indicação para reabilitação respiratória que têm acesso ao tratamento.

Tratamento de doentes com indicação para reabilitação respiratória

Os dados constam da 12.ª edição do Relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias (ONDR), que acaba de ser divulgado, que indica que em 2015 morreram 22 767 pessoas devido a doenças respiratórias, o que representa um aumento de 24 por cento em relação a 2006.

O documento revela um aumento de mortes, mas também de internamentos (115 828 pessoas internadas em 2015) e mais episódios de doentes submetidos a ventilação mecânica (aumentaram 167 por cento desde 2006).

Apesar desta realidade, o estudo sublinha que são menos de dois por cento os doentes com indicação para reabilitação respiratória que conseguem ser tratados nos poucos centros de reabilitação existentes em Portugal.

Os 25 centros de Reabilitação Respiratória em Portugal continental tratam menos de três mil pessoas com doenças respiratórias por ano, o que representa menos de dois por cento dos doentes com indicação para reabilitação respiratória, o que leva o relatório a falar em "inexistência de programas de reabilitação respiratória".

Fonte: press release

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS