NANOMEDICINA

Nanorobôs conseguem tratar infeção no estômago de cobaias

Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveu nanorobôs inovadores que se revelaram capazes de curar infeções no estômago de cobaias em laboratório.

Nanorobôs conseguem tratar infeção no estômago de cobaias
NANOMEDICINA

MEDICINA E MEDICAMENTOS

NANOMEDICINA

Os nanorobôs são constituídos por um núcleo esférico de magnésio revestido com várias camadas diferentes que oferecem proteção, transportam o medicamento e têm a capacidade de se acoplarem nas paredes do estômago.

Após serem engolidos, os núcleos de magnésio reagem com o ácido gástrico para produzir um fluxo de bolhas de hidrogénio que impulsionam os pequenos robôs, explicaram os cientistas.

Os nanorobôs foram já usados para administrar uma dose de antibióticos diariamente, durante cinco dias, em ratinhos com infeções bacterianas do estômago.

A terapia inovadora revelou-se mais eficaz do que as doses regulares de fármaco dadas ao grupo de controlo.
A grande vantagem da administração de fármacos por esta via é a diminuição dos efeitos secundários e a efetividade do tratamento, sublinharam os autores da pesquisa.

O objetivo agora é testar a abordagem num estudo mais amplo em animais, antes de passar para os testes em humanos.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS