GRIPE

Proliferação de surtos de gripe aviária aumenta risco de pandemia humana

A disseminação mundial da gripe aviária e o número de estirpes virais que atualmente circulam atingiram níveis sem precedentes, aumentando o risco de um possível surto humano, de acordo com especialistas.

Proliferação de surtos de gripe aviária aumenta risco de pandemia humana

Vários surtos foram notificados em explorações avícolas e em bandos selvagens na Europa, África e Ásia nos últimos três meses. Embora a maioria envolva estirpes consideradas de baixo risco para a saúde humana, o grande número de tipos diferentes e sua presença em tantas partes do mundo ao mesmo tempo aumenta o risco de mistura e mutação do vírus.

Embora a gripe aviária tenha sido um problema de saúde pública proeminente desde a década de 1990, os surtos nunca foram tão amplamente espalhados pelo mundo, algo que os especialistas em doenças infeciosas atribuem a uma maior resiliência das estirpes atualmente em circulação.

Embora, normalmente, existam cerca de duas ou três estirpes de gripe aviária de cada vez, agora há pelo menos 12, incluindo H5N1, H5N2, H5N8 e H7N8.

Quase 40 países relataram novos surtos de gripe altamente patogénica em aves de capoeira ou aves selvagens desde novembro, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Fonte: Reuters

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS