DISFUNÇÃO-SEXUAL

Terapia com ondas de som pode ser alternativa ao Viagra

Um grupo de cientistas internacionais revela uma nova terapia alternativa ao Viagra, denominada por terapia de ondas de choque extra-corporais (ESWT, na sigla em inglês), a qual pode oferecer uma solução de longo prazo para homens com problemas de ereção.

Terapia com ondas de som pode ser alternativa ao Viagra

Esse tipo de terapia faz uso de uma técnica similar às ondas de som para estimular determinadas zonas do corpo que precisam de tratamentos específicos.

A terapia foi avaliada numa série de estudos discutidos por especialistas durante a última reunião anual da Sociedade Europeia de Medicina Sexual, que decorreu em Madrid, Espanha.

Numa das pesquisas, os cientistas avaliaram 112 homens com disfunção erétil, metade dos quais recebeu cinco doses semanais de ondas de som de baixa intensidade aplicadas em seis locais ao longo do pénis e a outra metade recebeu um placebo.

No final do estudo, 57 por cento dos participantes que receberam a terapia conseguiram ter relações sexuais com penetração, em comparação com apenas nove por cento dos homens que receberam o placebo.

Segundo os cientistas, o tratamento parece aumentar o fluxo sanguíneo para o pénis, estimulando o crescimento de novos vasos sanguíneos, podendo assim ter efeitos de longa duração.

Até ao momento, os pesquisadores não identificaram qualquer efeito secundário da estimulação peniana por ondas sonoras, uma vez que as ondas usadas foram de energia muito baixa.

Para que possa ser usada na prática clínica, os protocolos de tratamento com a técnica precisarão de ser ainda padronizados, o que exigirá mais testes clínicos com um maior número de pacientes com disfunção erétil.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS